quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

CRÉDITO É DÍVIDA



CRÉDITO É DÍVIDA

O que será da Zeferina um dia?,
do jeito que está indo, um dia, acaba
perdendo para o fisco a própria raba
gastando tudo ou mais do que devia.

E deve, no armazém, na drogaria,
em lojas deve tanto que se gaba
do crédito que tem em toda a taba,
vertendo muita fé na loteria...

O povo tem se rido pela naba,
a naba a qual avoa e tudo sonda,
e pega alguém dormindo enquanto baba.

Pois ela está fazendo a sua ronda,
e, além da Zeferina, um dia, enraba
aqueles que também vão nessa onda.


Marcos Satoru Kawanami