sábado, 25 de fevereiro de 2017

SONETO DE GRAÇA


SONETO DE GRAÇA

Gratuito, gracioso, gratidão,
a graça se expressando livremente
distante da rapina do aparente
despreza da aparência a servidão.

É livre todo aquele bom cristão
que mesmo encarcerado está contente,
contraste na desgraça inconsequente
do mundo, pois conhece a salvação.

A graça de Maria é seu exemplo,
a graça de Jesus é seu destino,
a fé é sua graça e amuleto.

Almejo, testemunho, enfim contemplo
a sã gratuidade do divino
que entrega-me de graça este soneto.


Marcos Satoru Kawanami


7 comentários :

Meri Pellens disse...

👏👏👏👏👏👏
Palmas, palmas, palmas!
Falou comigo esse soneto.
Gratidão, amigo!

Fábio Murilo disse...

Muito bom. Domina muito bem a composição dos versos, brinca. Abraços.

Elyane Lacerdda disse...

Que soneto singelo e lindo,amigo!
Vc sempre no surpreende com sonetos maravilhosos!
BRAVO!
http://www.elianedelacerda.com

Rapha Barreto disse...

Maravilhoso soneto Marcos, parabéns!

Abraço,
Bom final de semana
http://mylife-rapha.blogspot.com

Jaime Guimarães disse...

Em estado de graça ao compor este belo soneto. Parabéns, grande poeta Satoru!

Teresinha disse...

Marcos,
mais um lindo poema!
Li mais alguns sonetos que ainda não tinha lido e são todos lindos!
Um abraço

BAR DO BARDO disse...

vc é gm guerra
boca bipolar