terça-feira, 24 de maio de 2016

BRISA


BRISA

Para aquém, para além e para a brisa,
que venta sem ser vento e sem ser venta,
mas cuja serventia se incrementa
quando o muito calor desajuíza.

Para aquém, para além, mas não avisa,
propaganda não faz, e está isenta
do mal que traz o vento da tormenta,
é anônima no bem, e só o bem visa.

Assim, algumas almas de brandura
afagam do planeta a humanidade
levando o Criador à criatura.

Mas, se melhor se prova a amenidade
da brisa na infernal temperatura,
é aquém que vai-se além, na eternidade.


Marcos Satoru Kawanami


5 comentários :

Diana Fonseca disse...

Adoro as leves brisas harmoniosas.

Arco-Íris de Frida disse...

Achei emocionante...

Fábio Murilo disse...

Ótimo! Ágil!Belíssima construção.

Luis Coelho disse...

Bom dia
Uma brisa fresca da manhã que nos afaga o rosto como as mãos da fada mamã.

A Casa Madeira disse...

A bela Brisa realmente só faz bem...

Então Marcos respondendo a tua pergunta; a casamadeira fica em uma região
que se chama por aqui de campanha fico a metade do mês no sítio e a outra
metade no apê da cidade pois o meu trabalho é na cidade. Os posts só é uma vez ao mês pois dá muito trabalho kkk. Lá tem um pequeno estúdio ao ar livre que é essa bancada amarela que aparece nos posts; todas as imagens até agora são do sítio... pego cada elemento coloco na bancada e faço as fotos kkk. Geralmente é algo que está acontecendo naquele mês. Assim amigos; afetos e agregados podem acompanhar... Tu me perguntou só a primeira parte mas daí já respondi... é que eu recebo bastante perguntas mesmo kkk.


Bom final de semana.
janicce.