sexta-feira, 8 de abril de 2016

VELÓRIO DE ANÃO

LINK

VELÓRIO DE ANÃO

No velório de um anão,
a pomba-gira desceu
no meu papagaio ateu,
que já era falastrão.

Mas desceu na contramão,
pois com cachaça benzeu
o defunto e o padre Alceu,
e ainda disse um sermão:

— Este defunto morreu
de hemorroida no pulmão,
e pau no cu de quem creu.

Não se fecha este caixão:
Levanta, compadre meu,
não há velório de anão!


Marcos Satoru Kawanami


5 comentários :

Elyane Lacerdda disse...

Marcos,
vc é demais kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
morro de rir com suas poesias satíricas e eróticas!!!!!
hahahahahahaha
bjo e bom domingo!
http://www.elianedelacerda.com

Gladys disse...

jajajaja que humor más negro.

Abrazos feliz inicio de semana.

Laura Santos disse...

Com cachaça só pode mesmo descer-se em contramão! Pobre anão, vai ter que levantar.:-)
Gostei do samba. Bastante divertido, também.
Ah Marcos deverias escrever para teatro, porque dá mesmo para imaginar a cena!
xx

Meri Pellens disse...

Eita, Marcos, que papagaio sem vergonha! kkkk... Ah, não era ele, né? Era a pomba gira. Tá explicado.
Beijoka, amigo.

Paullus Victhórius disse...

Hemorróida no pulmão é um potencial nome de banda... e dos bons!
Rá!