quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

REPLAY

LINK

REPLAY

A vida não tem replay,
é uma estrada só de ida:
voga sempre a mesma lei
do começo ao fim da vida.

É tirada numa rifa
a vida aqui no Brasil:
ou se vai de padrão FIFA,
ou no aperto do funil.

Viver é ter esperança,
e o que se espera é ter sorte;
mas, nem o caboclo cansa:
créu, cai nas garras da morte.

Morte faz parte da vida
desde o sul até o norte,
e é coisa bem dividida:
vida faz parte da morte.

Viver feliz é cagar
e andar para quem nos caga,
para frente sempre andar,
pois o tempo tudo apaga.

Porque quem viver verá
a vida passar por quem
morrer antes, mas será
chamado a morrer também.

Não vás fazer marcha à ré
nem andar na contramão,
quem anda trocando os pés
é caipora e beberrão.

Do começo ao fim da vida
voga sempre a mesma lei:
é uma estrada só de ida,
a vida não tem replay.

Nhandeara, 28 de janeiro de 2016
Marcos Satoru Kawanami


6 comentários :

Arco-Íris de Frida disse...

Viver feliz é cagar
e andar para quem nos caga,
para frente sempre andar,
pois o tempo tudo apaga.

Nunca vi uma definiçao tao precisa do que a vida e o viver...

ReltiH disse...

EXCELENTE CONCEPTO DE ESTÁ PUTA VIDA.
ABRAZOS

Paullus Victhórius disse...

"confira comigo no replay" me fez lembrar de qdo era pequeno... pequena que a vida não tem replay.

aquele abraço.

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

ah ah ah
Muito bom :)

Magia da Inês disse...


" a vida aqui no Brasil ...
... vai no aperto do funil."

Bom fim de semana!
Beijinhos.
✿゚ه° ·.

Laura Santos disse...

A vida não tem mesmo replay, por mais ensaios que se façam. Vemos os outros ir, e iremos nós. Pena que a vida por aqui esteja uma espécie de purgatório!
Muito boa a tua reflexão num poema bem corrido!
xx