sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

INIMPUTÁVEL


INIMPUTÁVEL

A concatenação do texto é necessária
como cauterizar um sangramento o é
tirando uma hemorroida ou amputando um pé,
e deve progredir conforme a faixa etária.

Outrossim confrontar opiniões contrárias
conduz ao quebra-pau, edificando a fé
de que esta Humanidade é mesmo uma ralé
e vale a pena crer que exista coisa vária.

Porém a coerência é algo coerente,
refutando um sofisma além de insofismável,
pois sempre é sim, ou não, e coerentemente.

Procure terminar de forma inoxidável,
mantendo a hemoglobina azul ou transparente,
e um texto aí está, com siso, inimputável!


Nhandeara, 8 de janeiro de 2016
Marcos Satoru Kawanami


11 comentários :

ReltiH disse...

GRAN TEXTO, GRAN MENSAJE.
ABRAZOS

Elyane Lacerdda disse...

Marcos,
vc sempre escreve muito bem!!!!!
Estas redações do Enem são mesmo uma piada!!!!hahahahaah
Bjos e um 2016 cheio emoções!
http://www.elianedelacerda.com

Laura Santos disse...

Encadear bem as ideias num texto não é para todos. Tu és perito!
Ainda bem que a tua fé te permite a crença de que exista "coisa vária" para além desta humana ralé. E um soneto baseado na féterá de ser inimputável! :-))
Bom fim de semana, Marcos!
xx

Rapha Barreto disse...

Muito bem Marco. Parabéns pelo texto!
E não sou fã das redações do ENEM kk.

Boa semana!


http://mylife-rapha.blogspot.com

CÉU disse...

Sigla do Exame Nacional do Ensino Médio no seu país. Embora, já conhecesse essa sigla, tive de recorrer à Wikipédia para ter a certeza mesmo.

Olá, Marcos!

Bom Ano para você, primeiramente!

Então, o tema da redação do INEM foi "Inimputável"?
Que grande tema! Pessoa com atraso mental não pode ser julgado ou culpado de... Bem, o INEM também pode ser inimputável, se virmos as coisas por outro prisma.

Você depois me explica, mas o que eu sei é que você conseguiu fazer um excelente soneto, meio filosófico, meio "louco", meio real, coerente e talentoso.

Abraço.

Marcos Satoru Kawanami disse...

Céu,

O tema da redação do ENEM não foi o que intitulou o meu poema. A sigla do ENEM foi só para ilustrar o texto, cujo tema é redação no geral.

abraço
Marcos

CÉU disse...

Olá, Marcos!

Obrigada pela sua excelente e completa explicação.
Avassaladora e voraz? Como você me classifica! Ah, você vai, no mínimo, para o "purgatório", vai, vai (risos)!

Eu só não tomei tenência (que termo erudito esse!), porque o meu conhecimento é pouco satisfatório e como seus sonetos estão demasiadamente bem escritos, eu não os consigo entender direito, como vocês falam aí, portanto, entendo "torto", e quem sabe se não mesmo "deturpado".

Tudo de bom!

Magia da Inês disse...

シ Sem ou cem comentários, como quiser!!!!

Ótima semana com muita saúde e tudo de bom!
Beijinhos.·ه♩♫
✿゚ه° ·.

Fábio Murilo disse...

Excelente texto, mestre sonetista. Hábil jogo de palavras, engenhosa construção. Tu é o cara, abraços!

Arco-Íris de Frida disse...

Esta Humanidade é mesmo uma ralé...e vale a pena crer que exista coisa vária?

Rafaela Figueiredo disse...

Estamos a um passo do desenvolvimento não-castrado do senso crítico. Será?...
Quero crer. Estou crente este ano. Rs

Bjo