domingo, 5 de abril de 2015

A luz brilhou nas trevas, mas as trevas não a receberam.


1 No princípio existia o Verbo;
o Verbo estava em Deus;
e o Verbo era Deus.
2 No princípio Ele estava em Deus.
3 Por Ele é que tudo começou a existir;
e sem Ele nada veio à existência.
4 Nele é que estava a Vida
de tudo o que veio a existir.
E a Vida era a Luz dos homens.
5 A Luz brilhou nas trevas,
mas as trevas não a receberam.
6 Apareceu um homem, enviado por Deus, que se chamava João. 7 Este vinha como testemunha, para dar testemunho da Luz e todos crerem por meio dele. 8 Ele não era a Luz, mas vinha para dar testemunho da Luz.
9 O Verbo era a Luz verdadeira,
que, ao vir ao mundo,
a todo o homem ilumina.
10 Ele estava no mundo
e por Ele o mundo veio à existência,
mas o mundo não o reconheceu.
11 Veio para o que era seu,
e os seus não o receberam.
12 Mas, a quantos o receberam,
aos que nele creem,
deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus.
13 Estes não nasceram de laços de sangue,
nem de um impulso da carne,
nem da vontade de um homem,
mas sim de Deus.


(Evangelho segundo São João 1, 1-13)

3 comentários :

JAIRCLOPES disse...

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito para que todo aquele que nele crê, não pereça, mas tenha vida eterna” João, 3 – 16.

Lady Di disse...

Olá Marcos :)
Eu gostei muito desta postagem, essa passagem é muito bonita!
Parabéns pelo blog! é bom estar aqui :)
abraços

http://ladydiene.blogspot.com/

Laura Santos disse...

A Trevas têm essa imperdoável teimosia de não aceitarem a Luz!
Espiritualíssimo!
xx