terça-feira, 19 de agosto de 2014

Bendito Agricultor


BENDITO AGRICULTOR

Trabalho bom é na cozinha, eu digo
a quem tiver juízo pra entender;
garçom eu fui, e sempre o de comer
estava ali, à frente deste umbigo.

E fome eu não passei, por ser amigo
da fonte da comida, que, ao meu ver,
está no cozinheiro e seu dever
de transformar em pão o que era trigo.

Mas trigo vem da terra, a agricultura
é profissão divina, diz o escrito
sagrado das Sagradas Escrituras.

Por isso, o agricultor seja bendito
por mim, que agora lido nas misturas,
a bem de não ter fome, como hei dito.




Nhandeara, 19 de agosto de 2014
Marcos Satoru Kawanami

2 comentários :

Laura Santos disse...

Acho que nem é preciso convocar as Escrituras para se saber que a agricultura é muito importante, sem ela como poderíamos viver?...Bendita nesse sentido, mas é tão bendita que muitos fogem de exercê-la; dá muito trabalho! :-)
Claro que cozinhar dá muito menos trabalho e depois mais prazer, embora o acto da colheita também dê prazer. Talvez tenha a ver com esse aspecto "divino" do que a terra dá...:-)
Belo soneto, Marcos!
xx

BAR DO BARDO disse...

Divertido e elogioso.