quarta-feira, 7 de maio de 2014

Atos dos Apóstolos, capítulo 1

Ascensão de Jesus Cristo

ATOS 1

Passado o tempo hostil das hostes mortas
deixadas para trás do que se esquece,
assim como subiu, agora desce
rompendo, em Seu descer, celestes portas.

O verso escrito certo em linhas tortas
foi posto no papel, foi posto em prece,
sem pressa, e a seu tempo, e apetece
a ti que podes ver, e o vento exortas.

Exortas hostes mortas vento vão,
passado hostil do tempo alheio ao todo
bem-vindo nestes versos de oração.

Por mais que se haja feito verso a rodo,
um verso torto escreve perfeição
se tem em Jesus Cristo o seu denodo.



Nhandeara, 7 de maio de 2014
Marcos Satoru Kawanami


9 comentários :

BAR DO BARDO disse...

Sonetista cristão, raridade. Boa raridade.

Parabéns!

Laura Santos disse...

Um soneto a transbordar de fé!
xx

Meri Pellens disse...

Oba!!! Acho que vou me dedicar mais a poemas assim iluminados... Adorei!
Bjs.. MP.

Rafaela G. Figueiredo disse...

eu acho incrível q teus poemas, além de tão diversificados, explorem tantos campos diferentes - semânticos, lexicais, sonoros e temáticos.

terminei de ler seu livro e a mencionada riqueza me encanta! vc vai do sagrado ao futebol; duma conversa banal ao erótico...
simplesmente fantástico é o q vc, poeta, é!
minha admiração não se traduz aqui, mas saiba q é uma honra tê-lo conhecido e seguir fazendo-o. :)

beijo grande

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Wow, muito bem!
Mesmo à estilo Luis de Camoes!

Bem conseguido, sim senhor...

Abraço

Paulus Vitórius disse...

Marcos,

como vc vê a relação entre cristianismo e poesia?

Marcos Satoru Kawanami disse...

Paulo,

A relação entre Poesia e Cristianismo é boa, a Bíblia tem muitos poemas.

Eu, que sou católico, sinto a necessidade de escrever poesia sacra.


pax et bonum
Marcos

Ana Cecilia Romeu disse...

Marquitos,
fazia tempo que eu não lia um poema sacro. Pleno de imagens, fiquei aqui viajando um pouco...

Beijos!

BAR DO BARDO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.