domingo, 20 de abril de 2014

Páscoa: os desencanados serão salvos - Paulo Leminski: distraídos venceremos



OS DESENCANADOS SERÃO SALVOS

Carvão, tu és bem preto, feito Adão,
hebreu e pai de todos os mortais
que, dos remotos tempos ancestrais,
representamos, hoje, a sucessão.

Carvão, carbono, irmãos mais do que irmãos,
irmanam diferenças diametrais,
mesquitas, sinagogas, catedrais,
grafite e diamante em contramão.

Porque, de diametrais, as diferenças
só têm uma questão de alotropia
organizando tantas desavenças.

De todos, novo alótropo se cria
desencanado, harmônica presença
que tinha o pai Adão, e não sabia.



Nhandeara, 20 de abril de 2014
Marcos Satoru Kawanami

3 comentários :

Meri Pellens disse...

Tão semelhantes na essência
E diferentes na valia,
Grafite, carvão e diamante,
Parece coisa de magia.

Beijos, amigo Marcos... MP.

Laura Santos disse...

Adão não faria ideia de alotropia porque não fazia ideia alguma da diversidade, mas talvez tivesse em si a simbiose de todas as cores que os seus descendentes decidiram depois fazer entrar em contra-mão.
És um sonetista de eleição.
xx

BAR DO BARDO disse...

alô alô tropia trovaso trobidê