quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

potato love - amor e flor - soneto em redondilha - Eu vivo fazendo merda. Mas cagar merda é certo. Errado é comer merda e cagar para dentro. Ou não é?



Amor e Flor

Em poesia, falar de rosa
É tão fácil quanto andar.
Mas bom mesmo é a olorosa
Fragrância que ela tem por dar.

Já o amor em verso ou prosa
É um abismo abissal;
Uma verdade duvidosa,
Diversa para cada qual.

A rosa é dentre as flores
Elegida à realeza.
Mas tem espinhos, que maldade...

Quem ao mundo dá suas cores?
Flores dão cor à natureza;
O amor dá cor à humanidade.

FIOCRUZ – Manguinhos
Rio de Janeiro, 16 de julho de 1998
Marcos Satoru Kawanami
.......................

"Eu vivo fazendo merda. Mas cagar merda é certo. Errado é comer merda e cagar para dentro. Ou não é?"
(Marcos Satoru Kawanami)

"O futuro do Brasil está saindo de dentro de você."
(porta do cagadouro da Faculdade de Filosofia da UFRJ)