quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

a carioca - a moreninha, filme completo - romance de joaquim manoel de macedo - literatura brasileira - período literário: romantismo brasileiro


A CARIOCA - a Larissa Bello

Larissa, é verdadeiro o teu olhar?,
se nem olhando olhas assuntando
na noite enluarada, praticando
o ledo esporte de se praticar...

Eu vi, na Guanabara junto ao mar,
talvez em Paquetá —estás lembrando?—,
a Moreninha, que, de nós zombando,
ao grêmio varonil fez claudicar.

Pois ela, que tão bem conosco ia
o esmero da conversa conduzindo
à crença na descrença, amor sentia.

Reporto-me a tal ido tão bem vindo,
bonitamente crendo na alforria
do Tempo que é só teu no Espaço infindo...

Nhandeara, 3 de janeiro de 2013
Marcos Satoru Kawanami

Um comentário :

Larissa Bello disse...

Nossa, Marcos!! Obrigada pelos versos! Estou lisonjeada, de certo. O meu olhar é verdadeiro para aquilo que olha e ao mesmo tempo é um olhar que a tudo observa. Observa até mesmo o seu observar que de curioso me fez carioca de fantasia, mesmo sendo capixaba de origem. Adorei!! E muito obrigada!!

Bjos