quarta-feira, 14 de novembro de 2012

deolinda - um contra o outro - soneto acróstico para francisca




SONETO ACRÓSTICO PARA FRANCISCA

Forjado a ferro e fogo é o mundo feio,
risonho mas cruel, civilizado(?),
alheio mesmo à unção do batizado
negado ou esquecido em tanto enleio;

cismando quanto a isso, assim eu creio,
indago por que sou aventurado,
senão em tudo, em tudo contentado,
cuidando ver o bem no mal alheio,

alheio do meu mal no alheio alheio.
Muitíssimo feliz, um totalmente
aqui se encaixa na definição;

total só pode ser, é pra que veio,
o lapidar feliz de tão contente
sem ismos otimismo, a Redenção...

Nhandeara, 6 de novembro de 2012
Marcos Satoru Kawanami

Nenhum comentário :