domingo, 28 de outubro de 2012

soneto manchete engraçada de jornal: DEU A VIDA PRA SALVAR A BUNDA - escrito a partir de manchete periodística que se vê no filme comédia "sábado"


DEU A VIDA PRA SALVAR A BUNDA

Eu vi Tereza andando vacilante
acerca de umas juras sem amor
que Orestes insistia, e com pudor,
em lhe cantar em verso, feito um Dante.

Pensei e agi, falei no mesmo instante:
—Tereza, tem cuidado, por favor
de tua própria bunda a aguda dor,
pois ele é sodomita, não te espantes...

Estando precavida, foi Tereza
sem mais poder conter-se, tão jucunda
sentia sua estima à pica tesa.

Porém, na xota, foi-lhe assaz profunda
a foda, que a gazeta de hoje reza
que “deu a vida pra salvar a bunda”.

Nhandeara, 28 de outubro de 2012
Marcos Satoru Kawanami