domingo, 28 de outubro de 2012

DEU A VIDA PARA SALVAR A BUNDA - "sábado" o filme - FILME COMPLETO - ciclos de cinema da tv brasil - comédia brasileira - cinema nacional - Direção: Ugo Giorgetti, com Otávio Augusto, Maria Padilha, Tom Zé, Giulia Gam, André Abujamra, Jô Soares. - Manchete do jornal e frase lapidar: "Deu a vida para salvar a bunda." - reprise às sextas-feiras

filme completo

Otávio Augusto mostrou exímia habilidade logo no início deste filme, tendo de interpretar um paulistano, e gago. E nos diálogos dele com o filho do Antônio Abujamra ambos exercitam a arte da caricatura, além dos apelidos e fraseado que encontramos em tipos cômicos da vida real.
A personagem de Giulia Gam diz, nesta cena,
que seu filho chamar-se-á Pandu, e explica:
"deus indiano da paz"... É cheio de treco
festivo dos anos 80.

O roteiro é muito bom, uma comédia diferente, com sutilezas simples e um ambiente alegre. Gostei do samba no terraço, e de ver Maria Padilha, a parturiente do riso, com aquele olhar sonso e às vezes até grave que faz rir como se não o quisesse.
Passou neste sábado mesmo na TV Brasil, que deu esta sinopse da obra:


Na comédia Sábado, uma equipe de publicidade transforma o saguão do antigo Edifício das Américas, no centro da cidade de São Paulo, em um ambiente luxuoso para a gravação de um comercial.
Porém, a diretora artística do anúncio fica presa no elevador junto com o cadáver de um antigo morador do local e dois funcionários do Instituto Médico Legal que tinham ido buscar o corpo.
O incidente obriga equipe e moradores a dividirem o mesmo espaço, constrastando duas realidades distintas. Desse convívio forçado surgem pequenos fatos que tornam este sábado diferente de qualquer outro. Reprise. 85 min.
Ano: 1995. Gênero: comédia. Direção: Ugo Giorgetti, com Otávio Augusto, Maria Padilha, Tom Zé, Giulia Gam, André Abujamra, Jô Soares.

manchete do jornal e frase lapidar:
"Deu a vida pra salvar a bunda."
  
O canal TV Brasil tem sempre filmes que me agradam desde muitos anos atrás, e agora vem este Ciclos de Cinema em data e horário bons. O ciclo deste sábado foi Ciclos de Comédia, e o filme começou às 10 e 20 da noite: 22:20h.

curiosidades:

- Feito com um orçamento de US$500mil.

- O filme foi rodado no Pavilhão Vera Cruz, onde funcionava na década de 50 a companhia Cinematográfica Vera Cruz, pertencente à Prefeitura de São Bernardo.

- Como pagamento pela utilização dos estúdios, a equipe ministrou palestras e workshops para estudantes.

- O diretor optou por incluir no elenco atores não profissionais como o poeta Décio Pignatari, os músicos Wandi Doriatiotto, Tom Zé e André Abujanra, o cenógrafo Giane Ratto e os figurantes foram escolhidos entre os moradores de São Bernardo que iam assistir as filmagens.



DEU A VIDA PRA SALVAR A BUNDA - a partir do filme "Sábado"

Eu vi Tereza andando vacilante
acerca de umas juras sem amor
que Orestes insistia, e com pudor,
em lhe cantar em verso, feito um Dante.

Pensei e agi, falei no mesmo instante:
—Tereza, tem cuidado, por favor
de tua própria bunda a aguda dor,
pois ele é sodomita, não te espantes...

Estando precavida, foi Tereza
sem mais poder conter-se, tão jucunda
sentia sua estima à pica tesa.

Porém, na xota, foi-lhe assaz profunda
a foda, que a gazeta de hoje reza
que “deu a vida pra salvar a bunda”.

Nhandeara, 28 de outubro de 2012
Marcos Satoru Kawanami

4 comentários :

Larissa Bello disse...

Oi, Marcos!
Obrigada pela visita e comentários no meu blog. Não tenho Google+, então estou escrevendo por aqui, que aliás, adorei tudo que li! Falar sobre filmes e cinema é a minha outra paixão. Passarei por aqui mais vezes!

Bjos

Marcos Satoru Kawanami disse...

Larissa,

Os teus poemas são parecidos com os meus, identifiquei-me com a lógica de pensamento.

Francisca Matos disse...

Marcos

Adorei o filme. A cena do elevador é uma delícia. Que bela sugestão.

Marcos Satoru Kawanami disse...

Francisca,

Nossa! Eu não esperava que vc assistisse. Fiquei feliz agora.

:)
Marcos