sexta-feira, 11 de maio de 2012

atual conjuntura - gente humana - samba do crioulo doido - sérgio porto - stanislaw ponte preta



O creoullo era tarimbado em samba enredo. Tinha feito samba sobre o Descobrimento, sobre a Bahia, o Folclore, a Inconfidência... Mas pediram para ele fazer um samba sobre a "atual conjuntura", ele endoidou, e saiu isto aqui:

SAMBA DO CRIOULO DOIDO

Foi em Diamantina,
Onde nasceu JK,
Que a Princesa Leopoldina
Arresolveu se casá.
Mas Chica da Silva
Tinha outros pretendentes,
E obrigou a princesa
A se casar com Tiradentes.

Lá iá lá iá lá ia,
O bode que deu vou te contar.
Lá iá lá iá lá iá,
O bode que deu vou te contar.

Joaquim José
Que também é
Da Silva Xavier
Queria ser dono do mundo,
E se elegeu Pedro II.
Das estradas de Minas
Seguiu pra São Paulo,
E falou com Anchieta.
O vigário dos índios
Aliou-se a Dom Pedro,
E acabou com a falseta.

Da união deles dois
Ficou resolvida a questão,
E foi proclamada a escravidão,
E foi proclamada a escravidão.
Assim se conta essa história
Que é dos dois a maior glória.
Dona Leopoldina virou trem,
E Dom Pedro é uma estação também.

O, ô , ô, ô, ô, ô
O trem tá atrasado ou já passou.

Sérgio Porto, cujo pseudônimo era Stanislaw Ponte Preta