sexta-feira, 20 de abril de 2012

pastoril - pela primeira vez



Pela Primeira Vez

Pela primeira vez na vida
Sou obrigado a confessar que amo alguém.
Chorei quando ela deu a despedida;
Ela, me vendo a chorar, chorou também.
Meu Deus, faça de mim o que quiser,
Mas não me faça perder
O amor desta mulher.

Na estação, na hora de partir o trem,
Ela, me vendo a chorar, chorou também.
Depois fiquei olhando a janela,
Até sumir numa curva o lenço dela.

Se meu amor não regressar, irei também
À estação na hora de partir o trem.
E nunca mais assisto uma partida
Pra não lembrar mais daquela despedida!

Noel Rosa



PASTORIL

Tristeza vai,
tristeza vem;
eu vou cantando,
você também.

Nos damos mal,
nos damos bem;
vou oscilando,
você também.

A vida rude,
beleza tem;
aos olhos meus,
você também.

Junto a você,
eu sou alguém;
junto de mim,
você também.

Eu encontrei
meu algo além;
estou amando,
você também.

Entre nós dois
cabe ninguém;
eu sou amado,
você também...

Marcos Satoru Kawanami