sexta-feira, 16 de março de 2012

Llegó el momiento de cerrar los ojos, y hacer fuerza: mierda!



SONETO BÉLICO

As armas, munições, armazenadas
são muitas vezes mais suficientes
para extinguir da Terra seus viventes,
e continuam sendo fabricadas.

Revólveres, canhões, fuzis, granadas,
torpedos, mísseis mis, bombas potentes,
festim, balas Dum Dum, cartuchos, pentes,
martelos, foices, paus, facões, enxadas.

Romanos, que eram bons de guerra e paz,
disseram: "Si vis pacem, para bellum.":
Parece que os modernos vão atrás.

Não quero exagerar no paralelo,
mas quanto menos ronda a bota faz,
mais folga ostentará o pé de chinelo.

Glauco Mattoso

3 comentários :

byTONHO disse...



"Este é o pai do Henrique Pimenta, irmão do Marcos!"

"GlaucoMA"...ttoso!

:o)

Marcos Satoru Kawanami disse...

...primo do TonhOliveira...


=D
PoeMarcos

Adriana Godoy disse...

O pai do Bardo! Muito bom! Beijo