sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

soneto épico - para atender a pedido - versos extasiados - the total happiness led the hand of my soul to write an epic sonnet



SONETO ÉPICO

O que não é eterno não existe,
eu digo na eternal pacificência,
pra lá de além da ingênua inocência,
e enfim sou inocente e não mais triste...

A vida me foi dada a dedo em riste,
e a dedo em riste outorgo — com anuência
do mundo já pedindo por clemência —
a Lei Geral total que tudo assiste.

O cego vê a voz clarividente;
quem não podia andar, conduz o atleta
saltando, a cada passo, um continente!

O mudo brada altivo, não se aquieta
diante da alegria onipresente
prevista em versos toscos de poeta...

Marcos Satoru Kawanami