quarta-feira, 21 de setembro de 2011

THE LEGEND OF 1900 - o pianista do mar


THE LEGEND OF 1900

O barco sintetiza o nosso autismo,
o porto nos aparta do que é mal
que é terra firme afeita ao vil metal
onde naufraga todo idealismo.

Sim, em verdade, o nosso esquisitismo
é lápide funesta sepulcral
durante toda a vida. Na real,
o medo não me assalta ao pé do abismo.

Pois sei que o reles fado da matéria
é o caos quem rege, ou seja, a mão de Deus,
fazendo tudo em prol do bem maior.

E o mundo já parece uma pilhéria,
em tudo sendo bom no caos, e os meus
dias são mais reais no além melhor.

Marcos Satoru Kawanami

...
Rádio Blogue: http://blip.fm/mskawanami

6 comentários :

Paola disse...

Como eu ás vezes penso, é errado assumir que Deus é perfeito se fomos feitos à sua semelhança.

Inté

Marcos Satoru Kawanami disse...

Paola,

O que o ser humano não consegue calcular, devido às infinitas variáveis, é chamado de Caos.

Pôr ordem no caos exigem infinita Perfeição.

;p
BjóKawanami

Gabriela disse...

I really hope it's true that God does it all for the greater good. Sometimes, I just think that He thinks that we have greater strength and in fact it's not.

Marcos Satoru Kawanami disse...

Gabriela,

"Deus dá o frio conforme o cobertor."

it means:

God sends coldness proportionally to our blanket.

Carlos de Thalisson T. Vasconcelos disse...

Perdão, mas eu não pude deixar de sorrir com o seu comentário.

ahsuauhs

E perdão pelo "foda".

Eu entendo o que você me diz... Fica parecendo que nem li o poema, mas desejo a sua atenção.

Não foi o caso, eu li.

Mas estava sem tempo para comentar melhor.

A parte que eu mais gostei:

"
Sim, em verdade, o nosso esquisitismo
é lápide funesta sepulcral
durante toda a vida."

Eu tenho sentido isso nesse momento.

Tenho sido bastante incompreendido por causa do meu modo de lidar com as coisas.

Tô até perdendo a sociabilidade.

Um abraço, meu caro.

Parece ser alguém inteligente.

Isso é raro. Isso é bom.

Marcos Satoru Kawanami disse...

Carlos,

Nunca perca a sociabilidade; mantenha-se bem com a sociedade, só não compactue com ela! ;p

pax et bonum
Marcos