terça-feira, 30 de agosto de 2011

Fabiana Murer: primeira medalha de ouro do atletismo brasileiro em mundial.



A brasileira Fabiana Murer conseguiu fazer história no Mundial de Atletismo em Daegu, na Coreia do Sul. Ela conseguiu a melhor marca do ano ao saltar 4,85m na final, rivalizando com a alemã Martina Strutz - que acertou seu salto a 4,80m mas errou os seguintes, garantindo o ouro inédito na carreira da atleta brasileira.

A marca é ainda maior para o Brasil: é a primeira medalha de ouro da história do atletismo brasileiro em Mundiais, tanto nos naipes masculino como feminino. Com a marca, ela conseguiu ainda ao menos igualar o recorde sul-americano, de 4,85m, ficando com o ouro mesmo sem precisar acertar um salto nos 4,90m.
A principal rival de Fabiana na prova, no entanto, não foi a musa russa Yelena Isinbayeva, única mulher a saltar acima da marca dos 5m - mas sim Martina Strutz. A atleta germânica converteu o salto nos 4,80m, mas errou suas tentativas nos 4,85m e 4,90m, depois de ver Murer acertar o de 4,85m - que lhe rendeu o ouro.

Isinbayeva, por sua vez, não conseguiu ultrapassar os 4,80m. Em seu retorno ao esporte nesta temporada, ela não conseguiu saltar na marca que a derrubou nenhuma vez em 2011. Classificada após saltar 4,65m, ela ainda tentou saltar os 4,75m uma vez e errou. Depois, decidiu partir direto para os 4,80m, errando suas duas tentativas e sendo eliminada, ficando apenas com a sexta colocação no geral.

A brasileira Fabiana Murer
no seu salto de 4,85m
A brasileira ainda tentou dois saltos a 4,90m e um a 4,92m, para tentar liderar o ranking mundial do salto com vara e melhorar o recorde sul-americano, mas já sem tanta concentração pelo ouro garantido, ela não acertou nenhuma das três tentativas. Foi, ainda, a primeira vez que ela vence um Mundial em pista descoberta - ela havia sido campeã Indoor em Doha, no Catar.

É a maior glória da carreira de Fabiana às vésperas do Pan-americano e dos Jogos Olímpicos de Londres-2012. A brasileira ficou próxima do ouro olímpico em Pequim-2008, mas viu o sumiço de suas varas a atrapalhar psicologicamente durante a final - vencida por Isinbayeva na ocasião - em um dos seus momentos de melhor forma técnica.

Após viver o pior episódio de sua história no esporte, Fabiana renasceu para o esporte. Depois de ser orientada pelo técnico Vitaly Petrov em conjunto com seu treinador brasileiro, Elson Miranda, ela foi campeã do Mundial Indoor em Doha, e ainda foi campeã da Liga Diamante em 2010. Em 2011, não teve um bom começo de temporada, mas melhorou após a metade do ano, coroando a boa fase com o ouro no Mundial de pista aberta.
fonte: Gazeta Esportiva

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

arte metafísica - Corintiano, maloqueiro e sofredor. - Astronomia - Matemática - Astronomy - Mathematics - Geometry - Teorema da impressão que se tem de um ângulo quando visto sob determinada inclinação. - impressionismo - Corrigido em 25 de outubro de 2012



Pitágoras: http://memoriasdaliravelha.blogspot.com/2010/12/1-de-janeiro-3-maneiras-diferentes-com.html

Teorema do Alcance Máximo:
http://memoriasdaliravelha.blogspot.com/2010/12/pra-nao-dizer-que-nao-falei-dos-canhoes.html


ARTE METAFÍSICA

Estranha arte é esta de escrever...
Sem pincel, sem cinzel a obra cresce
e toma forma, e nem forma carece
para que a outrem venha a entreter!

Um papel sujo basta ao seu mister,
um papel que no lixo alguém esquece...
Na folha rota que o desdém merece,
é nela que o poema vai nascer.

Poesia, prima-irmã da Matemática
que no papel também faz teorema,
tem ela sempre musa mais simpática.

Seguem Música e Dança o mesmo esquema,
brotando da sublime e etérea prática
qual do nada também brota um poema.

Marcos Satoru Kawanami
...
Fonologia do blogue: http://blip.fm/mskawanami

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

osciloscópio - modern poetry - teoria literária - fiz que fui, mas não fui, acabei fondo - paradoxo - figura de linguagem - retórica - nike: just do it

Modern Poetry: just do it.

OSCILOSCÓPIO

A tua voz, para sempre, gravada
em minhas retinas,
é a imortal imagem tua ecoando
em minhas trompas de eustáquio.

Pois tamanha
confusão mental
de profusão colateral
tu desencadeias
no meu osciloscópio redundante,
que pleonasmo!

Marcos Satoru Kawanami
.....
Rádio 100M : http://blip.fm/mskawanami

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

lançando as bases da astrologia católica, ou do catolicismo caótico da razão pura - the will of God - teologia das probabilidades - Tudo se encaixa nesta Zorra Total deste mundão aberto sem porteira.



TEOLOGIA DAS PROBABILIDADES

A gratuidade do Bem é aleatória.
A maldade é sempre intencional.
Portanto, o que é aleatório é divino.
As mutações de DNA são aleatórias.
As mutações de DNA são divinas.
O caos é aleatório ao controle humano.
O caos é divino.
Existir vida em um planeta de um sistema solar é aleatório.
A vida nesse tal planeta é caótica.
A vida em um planeta é vontade de Deus.

Marcos Satoru Kawanami

domingo, 14 de agosto de 2011

ser pai - dia dos pais - ser mãe - dia das mães - cornologia: as implicações cornológicas que o dia inspira


“Ser mãe é andar chorando num sorriso!
Ser mãe é ter um mundo e não ter nada!
Ser mãe é padecer num paraíso!”
(Coelho Neto, soneto Ser Mãe)




SER PAI

Ser pai é duvidar, mas ir em frente
criando o bacuri que está no mundo
com zelos e cuidados, sem no fundo
saber se esse pirralho é seu parente!

Ser pai é ter um título aparente
de rei, que empunha o cetro cornibundo
e veste o ledo manto vagabundo
do Chaplin que parece estar contente.

Mas, enfim, o que vale é a Família
à parte de somenos prejuízo
que fica bem na altura da braguilha.

Confie que a comadre tenha siso,
assim você verá que maravilha:
ser pai é padecer num paraíso!

Marcos Satoru Kawanami
...
Rádio Caceta 100M: http://blip.fm/mskawanami
Rádio Gazeta Universitária AM: http://www.casperlibero.edu.br/gazetaAM-aovivo/

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Ave Maria pós-moderna



AVE MARIA PÓS-MODERNA

A luz que passa pelo cristalino
dos olhos chega ao fundo cerebral
recomposta em elétrico sinal
diverso do universo extra-tino.

A taça diz que “veritas in vino”,
em forma inversa, imagem espectral
vertendo na retina uma anormal
verdade aceita por qualquer menino...

Talvez o impulso elétrico reflita
externamente apenas algo novo
e tão antigo quanto a luz bendita

no céu de cada qual de cada povo
cujo drama tem sido a mãe aflita
dos elétrons por quem eu me comovo.

Marcos Satoru Kawanami