segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

estilo de epístola - paródia paulina

The Temple Of Free Soul - acrílico de Artêmio Fonseca de Carvalho Filho
http://temito.orgfree.com
http://artemio.orgfree.com


CARTA ABERTA


ó Teófilo,

ah, o amigo é outro desta vez:

ó Jaime,



          Ao dizer toma a tua cruz e segue-me, Cristo deu a dica que a religião não é refresco para fracos desamparados perdedores; antes, o Católico há de vir a ser uma Fortaleza, um Farol a iluminar as trevas deste Mundo onde grassa o Mal, injustiça da Fraqueza: Pois o espírito está preparado, mas a carne é fraca, diz o Messias; mesmo as Leis humanas têm o desejo da Justiça, contudo, as necessidades do corpo, o medo instintivo, e as suas subseqüentes ganâncias, ambições e vaidades fazem do Mundo o Inferno.
           Daí, meu perspicaz amigo, não nos basta o Novo Testamento; é...
           Católicos de há muito têm fracassado por legar a segundo plano o Antigo Testamento; neste, conselhos perenemente valiosos e imprescindíveis para a vida terrestre deixou-nos o zeloso Deus Javé, como o bom pai que cuida primeiro da educação de suas filhas e filhos, afim de que sofram menos e prosperem, para só então entregar-lhes a herança. Provérbios, Sabedoria e Eclesiastes são livros bíblicos essenciais que explicam a prosperidade dos hebreus no Mundo Material.
           Piedade Católica só não bastou ao nosso povo; mesmo a Rússia fracassou na sua experiência materialista, porque o povo russo tinha uma tradição católico-ortodoxa de apego ao fraco e louvor à vítima não extinta com a política soviética. Jaime, não se faça de vítima; não seja passivo; não seja conduzido, conduza! Israel significa Deus luta.
           Já o povo hebreu, apesar da prosperidade econômica, inspira às vezes aversão pela insuficiência de piedade católica, por desconsiderar o Novo Testamento e sua mensagem de Redenção: o forte é piedoso, o forte não pede ajuda, o forte ajuda quem realmente é vítima da própria fraqueza, o forte salva.
           Jesus Cristo, nascido em lapa inculta de Belém, criado em Nazaré donde diziam que nada poderia vir de útil, alguém que dividiu a História por sua própria natureza humana superior à parte a questão transcendente que o envolve, afirmou não estar revogando a Lei anterior, a Sabedoria Antiga, de modo que já ensinou há muito tempo a síntese que aqui reitero: a pragmática dos antigos hebreus e a piedade católica fazem a Felicidade que conduz à Redenção; pois o Céu começa na Terra.

Marcos Satoru Kawanami
.....................................................................


"Já que em buraco de cobra tatu caminha dentro, que time é teu, se bateu na trave e entrou no teu?"
(Nelson Rodrigues, durante o porre que tomamos comemorando o título do Fluminense)


"Que time é meu? Corithians Paulista, que eu sou boêmio da água mineral! E o meu franzido tem dono!"
(Mário Lago, corintiano, maloqueiro e sofredor)


"É, tem dono!"
(O Dono, permanece anônimo por motivos óbvios...)
.

8 comentários :

Gabriela disse...

*Moço, eu escrevo uma coisa e você lê outra, só pode!Ou não te entendo.

Quando ao seu post, gosto quando a temática é religiosa, ou divina, ou de vida, enfim.
O Céu começa aqui, a Volta somos nós que podemos adiantar em tantas vidas, incluindo a nossa, claro.
Quem é o amigo da carta?
Desculpe a intromissão.

Abraço!

Soneca disse...

Religião é uma coisa tão complicada... Mas tão simples às vezes...

Inté

ps:Decorei o hino do fluminense, só pra você saber.

Teca Eickmann disse...

O post tá bem escrito.
Não é exatamente meu tipo de post, por que eu não curto muito coisas religiosas.
Mas foi escrito de uma forma boa de ler. :)

Marcos Satoru Kawanami disse...

Sonècca,

mà che decepcione... addesso me sbaglia stesso te, sorella mia. se siamo tutti curintiani, perchè indicuorate l'imno del Fluminense? ne canta il nostro, che io so; davvero?

;***
Idàrio Schivaròla

tonhOliveira disse...



Prefiro um texto
mais DEMOcrático... Ops!

Ah! ah! ah! ah!

E a pistola?
Pá! pá! pá! na ródia ou no pau lina!


:(:

Soneca disse...

HAHA, ô Seniore Gorgonzola, siamo tutti brasiliano, mas eu sou são paulina, cazzo!


Inté
ps: Adorei a estilizada no meu nome, chic demais!

ps2: Todo mundo é meio burro, só que tem gente que sabe disfarçar melhor.

Paulo Vitor Cruz disse...

cara, q bonito isso... li umas três vezes e ainda quero ler mais... bacaníssimo...

*saudades de passar por aqui..

abraço grande.

Marcos Satoru Kawanami disse...

Paulo,

essas Pajelanças bacaníssimas afloram da minha ferramenta cognitiva durante as Bacanais na Rua Augusta, em casa de minhas 3 primas, irmãs pagãs sacerdotizas da Ordem Rosa Cu.

daí, a ferramenta cognitiva, por meio do cabeçote de sua antena coaxial telepática, transfere o banco de dados de quantas deram o cabaço no Carnaval passado, juntamente com o material fisiológicocôsmogônico produzido durante o petit commité, até o meu cérebro, onde vira bosta na digestão encefalogástrica da minha alma de alçudo Escorpião, um bicho que se defende com o rabo...

enfim eu publico no blogue, e os índio botocudo acham chic por causa da sofisticação sintática:

a Filosofia é a arte de dizer o óbvio, que só se torna óbvio depois que alguém o revela; quem revela o óbvio é a Lógica, que é simples pela própria definição; só o que faz o Mundo parecer complicado é a Sintaxe.

(Turbo Pascal, em momento de sintax error)

.