sexta-feira, 15 de outubro de 2010

soneto marginal


SONETO MARGINAL

Silvam velozes ventos; reverberam
luzentes melodias de engrenagens;
os carros saem todos das garagens;
quatrilhões de neurônios deliberam...

Gigantes colossais gusa encarceram,
e vertem a matéria das ferragens;
nas árvores germinam as serragens,
enquanto todos sonham que prosperam...

Avante!, urbe, metrópole paulista:
non ducor, duco”, diz teu bravo lema;
teu lema insubmisso, idealista!

Enquanto, fora, voga tal esquema
de progresso, barganhas e conquista:
eu, marginal, termino este poema.

Marcos Satoru Kawanami

........................................................


"Escutem os mais velhos, eles sabem fazer sem o mouse."
(Mickey Mouse)

"O novo estádio do Palmeiras chamar-se-á Arena Palestra, e o novo estádio do Corinthians chamar-se-á Arena Ceçair, Bon."
(Nelson Rodrigues, já Botafogo na cultura de paz do Pacaembu)

"Eu pretendia votar na Marina Silva, porque ela prometeu deixar tudo quanto é pau de pé; mas, refleti, e acabei votando em mim mesmo, pois a Geriatria já tem avançado satisfatoriamente nesse ramo da Ecologia."
(Plínio de Arruda Sampaio, eleito Miss Simpatia 2010)

"A expressão "formador de opinião" é uma ofensa ao público."
(Chico Lang, um formador de opinião e corintiano pancada da cabeça a quem agradeço a leitura deste blog)

"A Política já deixou de ser aquela Puta safada e provocante que tirava a juventude do sério, e se tornou uma Cafetina velha e sem graça." 
(Joanna, na casa da mãe)

"Cogito; ergo, sum é o caralho. Ser ou não ser? é dúvida de inglês, já deu pra entender? A princípio, eu não sou até que provem o contrário."
(Cícero, no seu tratado sobre Direito Romano)
.