domingo, 8 de agosto de 2010

Uma Morte de Vergonha

"Carta de Reclamação, Amor e Óbito" (conto de Jana Lisboa)
clica na foto


UMA MORTE DE VERGONHA
—É, Dália, tu me fodeste.—
disse assim a moribunda,
sapatão cabra da peste
que finou-se pela bunda!

Sem juízo, em Juazeiro,
Cássia, ella que morreu,
vendia tudo aos romeiros,
e dava a mulher de ateu...

Neste ofício, um dia, estava
em cima de sinhá Dália
que um róseo molusco inchava,
quando sentiu a xoxota
unir-se ao cu a navalha!

Fudêncio, o corno marido,
não quitado de maldade,
pôs Cássia no pau erguido.
Empalada, era medonha!
Uma morte de vergonha...

Marcos Satoru Kawanami
..................................................................


"O importante não é ser de boa aparência, o importante é parecer de boa aparência."
(Nat King Cole, tomando vinho verde comigo no Bar Flora, na Rua da Carioca em 1997)


"É covardia um homem lutar contra reles formiguinhas, as formiguinhas sempre vencem."
(Arnold Schwarzenegger, o exterminador do futuro)

.

8 comentários :

Erika Freitas disse...

Quem lê o trecho "Carta de Reclamação, Amor e Óbito" não imagina que foi por tais motivos que Dália patiu desta pra melhor! Rs. Ah, esses crimes passionais!

Adorei a frase do Nat King Cole.

Ah, jura que eu to parecendo o Michel Jackson na foto?!?! Que medo! rs...

tonhOliveira disse...



TORACIDHLOS & CACÓfatos!

Vem Cá...si a sanDália,
essa pata, fu deu-se,
por foder, em pa(u)lada.
Confusão de molusco com xoxota é fogo!
"Um AMOR de envergonhá"?

Grande MARcosaTORUkawaNAmigo!

:)

tonhOliveira disse...



Voltei pra te dizer.

Me veja também aqui:
http://po--etica.blogspot.com

Soneca disse...

Hoho, não sabia que a vergonha podia te matar DESSE jeito...

Inté
ps; Até um cego vê a beleza de uma
pessoa. Esse cara é foda.

Adriana Godoy disse...

Marcos, o Fudêncio...ah! esse Fudêncio...um poema no seu melhor estilo. Impagável. Beijo

Mateus Henrique Zanelatti disse...

HILÁRIO!

Andre Martin disse...

hehehehe
Nunca eu havia visto uma poesia assim!
Sacana, desbocada, sutil, rimada...
Medonha! Mas bela obra! rss

Andre Martin disse...

O complemento de tonhOliveira é simplesmente SEN-SA-CIO-NAL!
Devia publicar no post, como seqüência conclusiva! rss