sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Igreja Triangular dos Cornos dos Últimos Dias

CLIQUE NA FOTO, SE AINDA NÃO É CORNO.

IGREJA TRIANGULAR DOS CORNOS DOS ÚLTIMOS DIAS


Levando em conta desvios comportamentais e operacionais nas principais igrejas, por esse mundo a dentro; desvios estes que nos chegam na forma de enganação, ladroagem, corrupção, baitolagem, pedofilia, prostituição, uso do santo nome de Deus em vão, etc e tal, principalmente;
Sabendo que a maioria dessas agremiações religientas estão mais é se lixando para o bem estar do cidadão, pois quanto mais aperreado o fiel, mais fácil de meter a faca aproveitativa;
Sabendo também que, o sujeito corno é um bicho sofrido, rejeitado e preconceituado, e, portanto, carente de uma assistência psicologística mais efetivosa; e informado que qualquer um pode instalar, na hora que lhe aprouver, uma entidade de cunho religioarrecadativa - Até Xico Sá, segundo eu soube, já cogitou virar uma espécie de Edir Macedo da Vila Madalena, pasmem!
Depois de todos esses considerandos, e de matutar aqui com meus últimos neurônios, é que eu resolvi agora deflagrar a fundação da IGREJA TRIANGULAR DOS CORNOS DOS ÚLTIMOS DIAS.
TRIANGULAR, porque não existe o evento cornífero se não houver, no mínimo, o trio básico da consumação chifrônica: O corno, a mulher e o ricardão.
DOS ÚLTIMOS DIAS, porque o fim do mundo se avizinha e é imprescindível que o indivíduo que nunca foi corneado, providencie logo esse desenrolamento, que é para não desencarnar pagão e, ao chegar do lado de lá, não poder usufruir das benesses que estão reservadas aos cornos mansos, conforme preconiza o Pentatêuco da nossa igreja, que ainda será escrito por Firmino Tei-Tei, corno velho entendido nessas coisas.
Destarte, convém dizer que, nossa associação sócio-reliosa não exige qualquer pré-requesito do fiel/participante/dizimista/colaborador, a não ser que o cara seja corno. Mas o cornudo não precisa provar que já foi chifrado, basta dizer, que a gente acredita. Assim seja!
(Falcão)


LEITORADO

*André Maciel, Rafael Dias, Carlos Alberto Teixeira, Thibério Raniere, André, Awildblumen, Gisele Azevedo, Marcelo Vargas e Ítalo Duarte, teceram comentários supimpas, sábios e bem alinhavados sobre a postagem anterior, e sobre este locutor que vos escreve. Eu quedo-me sensivelmente agradecido, emocionado e rejubilado com tamanho elogiamento.

*Lorenna, também quer que eu reuna toda essa fuleiragem, aqui escrita e ilustrada, em um livro. Estou quase aceitando essa ideia. Aliás, aconteceu coisa parecida quando do lançamento do meu primeiro disco. Ou seja, eu estava relutante, mas o povo deu tanta corda, que o bicho saiu.

*Cristovam, de Natal, me fala, saudoso, sobre Gabinete, jumento de seu Adonias, lá de Parazinho-Rn, cuja exuberância genitálica, surpreendia até Do Carmo, filha do Adonias.

*Marcos Satoru Kawanami, gostou da minha presença n'O Formigueiro, do amigo Marco Luque, na Band, mas diz que o programa não soube me aproveitar. A única pessoa que, até hoje, soube aproveitar bem minha pessoa, foi Francisquinha, do cabaré Balão Mágico, lá em Pereiro.

*Quem diz amém não sabe da missa a metade.*
.

3 comentários :

Paulo Vitor Cruz disse...

Falcão é um cara que ainda está pra nascer daqui a três mil anos...

abs.

tonhOliveira disse...



Quase todos "Falcãos" ous "Falcões" são craques! Até a AVE!

EX ceto o EX mi(si)nistro da EX Lei Falcão
o EX Armando Falcão!

Muito bom Marcos!

Cáh Morandi disse...

hã!?