quinta-feira, 29 de julho de 2010

Soneto ao Cachorro



SONETO AO CACHORRO

É o Cão, do Homem, seu melhor amigo,
conforme reza o velho e bom ditado;
quem nunca nesta vida foi amado
dará valor a tudo quanto digo.

O Cão nem mesmo tem aquele umbigo
egoísta pra ser idolatrado,
enquanto o ser humano, do pecado
escravo, do egoísmo herda castigo.

Xingando uma mulher, dizem: “Cadela!”;
ofensa muito rude para ela,
a Cadela, mulher casta do Cão,

um bicho que, sem ter nem mesmo mão,
o asseio preza, nos deixando à míngua
quando se limpa com a própria língua!

Marcos Satoru Kawanami

15 comentários :

Marguerita disse...

Belo exemplo de pessoa alienada esta mulher do shoping!
Um cavalo com viseiras possui visão mais ampla que este tipo de gente.


Que pavor!

E o cachorro? Adorei ele!
óiceeeeeeeee!!!!

Bjo

tonhOliveira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
bella ferraro disse...

Muito sensível, Marcos, e com certeza se trata de um ser extra-terrestre (ou qual outro ser terrestre conseguiria nos olhar dessa maneira?)
Tercetos lapidados com muita finesse, como poderiam não cumprir seus propósitos?

Adriana Godoy disse...

Beleza, Marcos...cãomovente, de verdade. Beijo

Mateus Henrique Zanelatti disse...

Bem bacana o soneto do louCÃO!
Legal seu cachorro, posso chamar ele de Chips?
Achei uma ótima o Mano ir para a seleção, será que agora vai? Curti muito a escalação que ele fez.

Abraço!
::)

tonhOliveira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
tonhOliveira disse...



Vim fazer uma correCÃO.



Soneto louCÃO

au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!
uuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuaaaauuuu!
au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!
uuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuaaaauuuu!


uuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuaaaauuuu!
au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!
uuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuaaaauuuu!
au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!

au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!
uuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuaaaauuuu!
au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!

uuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuaaaauuuu!
au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!au!
uuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuaaaauuuu!

by Tonho

Ao BooNE meu yorkshire
as vésperas do mês de aGHOSTo ("o espírito do cachorro louco")

Abraço-tchê MARcão!

Gabriela disse...

a Cadela, mulher casta do Cão?

Me diverti, como sempre.
E o cachorrinho da foto parece de plástico.

Viiii disse...

Haha! Esse é o Marcos, sempre transformando tuudo em poesia!
Adorei!

Paulo Vitor Cruz disse...

esse me fez lembrar do velho ditado q eu só ouvia qdo tinha uns sete anos de idade e q depois deve ter deixado de ser ditado...: "mais vale um cachorro amigo do que um amigo cachorro."

abc.

Marguerita disse...

Há!

Quanto conhecimento!
Mas, na verdade, futebol, futebol de verdade!

:)


Bjo
Ótima semana!

Marguerita disse...

Meu vizinho tem um pintscher neurótico que acho um sarro!

Aliás, adoro cachorros!
Cachorros, gatos, bodes, ovelhas e tudo mais!
XD

Erika Freitas disse...

Não consegui evitar o "ahhhh que fofo" quando vi os cachorros. Surtei! ^^

Achei o texto ótimo. Principalmente na parte que fala que o ser humano é egoísta.

Lisa Alves disse...

é somos especistas. Adorei o poema, adoro os "canis".

Soneca disse...

Ah meu Deus,Marcos!

Eu adorei a imagem(hoho), meu cachorro é o único que me faz agir como uma idiota, só de olhar para o olho cego dele, tenho vontade de rir!

Cães nunca tem um motivo suficiente para odiar...

Inté