quinta-feira, 4 de março de 2010




MUSA FRANCA


Poetas, poetinhas e punhetas
resultam na libido de escrever:
explosão da vontade de se ter
liberado o caralho ou a boceta.

A casta siririca da ninfeta
não deixa seu cabaço se romper,
e o tolo bardo quer fazê-la crer
que jamais lhe escreveu pensando em greta.

As canções que no rádio sempre tocam,
tão falsas que me deixam paranóico,
abusam do eufemismo e me provocam.

Assim, na sina de poeta estóico,
à musa franca que outros nunca evocam
empunho a minha pica em verso heróico!

Marcos Satoru Kawanami

.

12 comentários :

Sandra Botelho disse...

Bom, não quero discutir com você coisas que acho que nem te importam.Nem te interessam.
Porem pela ultima vez te respondo.
Eu vinculo sexo com amor sim.
Não tenho nada contra as prostitutas, respeito se escolheram este tipo de trabalho.
Mas para mim sem amor é prostituição. mesmo que não receba gratificação pelo sexo feito.
Acredito que seria uma prostituição de alma.
E acredito que descansar nos braços de quem se ama, depois de se fazer amor é muito mais pleno.
Que se levantar e ir...
E com raiva?
Fazer sexo com raiva?
Algo bem contraditorio não acha?
Ah não ser que vc seja adepto do sadomasoquismo.
Algo a que eu tenho repulsa..
SEmpre será bem vindo em meu blog.
Desde de que, se contenha.
Bjos e paz para você

Marcos Satoru Kawanami disse...

Sandra,

sadomasoquismo nem pensar!

mas sinto que muito amor tira um pouco o tesão misterioso.


=D
Marcos

BAR DO BARDO disse...

Isso pede uma revanche... Rsrsrs... Porque eu sou o bardo eufeminino da parada...

Ai lagartixinha, me aguarde!...

Sunflower disse...

sua mulher é uma ex sapatão que ainda se veste que nem?


hahahahaha

Elga Arantes disse...

Sempre dou gargalhadas ao ler esse anúncio!

Não gosto de descansar nos braços de quem amo, depois do sexo. Amo, sim, quem entende que o momento pós-sexo é meu, só meu. Mais íntimo que o próprio ato sexual. Gosto de me curtir sozinha nesse momento de lombeira e leseira...

Mile Corrêa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mile Corrêa disse...

Pois é, sou praticante e ativa
também!
Você participa de algum movimento
em específico?
Eu já tinha reparado nesse poema
na barra ao lado, "A sua imagem e
semelhança" e amei, pra variar só
um pouquinho. ¬¬'
É, o texto de hoje causou rebuliço
nos comentários, hein? huieheiuhe
Beijos

Lara Amaral disse...

Poeta, tbm, das marginalizadas...

rs.

Abraço.

tonhOliveira disse...



Ái! Me USA FRANCA!

Glaucomatosou a pau!

Ah, shei lá porque?!

PuTa Saudações!

PeÉsse: De tanto aMAR inunda-se!

Adriana Godoy disse...

Marcos, gostei dessa musa...seu soneto tá impagável. Vou ler de novo. beijo.

tonhOliveira disse...



Gostei do CLIMA, voltei.

shEi-la, a desclassificada,
resSUScita os velhinhos da fila!
Cheguei primeiro ficha Nº 1

Este marCUs é du K'ralho!

vários um disse...

Yeah!!!