domingo, 7 de fevereiro de 2010

Eh, Tosquera!

A unha é coisa tosca, casco humano
que as mulheres ocultam sob o esmalte;
mas ai de quem a unha se lhe falte
nos afazeres do quotidiano.

Joelho, tosco vinco soberano
até nas damas de subido malte
cujo donaire à vista sempre salte
nas fotos peladonas, ou... sem pano.

Pênis, pois é, aquela coisa ali;
há quem “caia de anel” por ele e tudo;
mas, ao pinto, eu prefiro o bem-te-vi...

Encerro no coisico mais toscudo:
prezado por quem tem cabeça oca,
franzido, fedorento, fim da boca?

Marcos Satoru Kawanami

9 comentários :

tonhOliveira disse...



Desfecho tosCUdo!

Tu és gente fina!

DuKraio!

abraços!

Viiii disse...

Tosco meesmo.. Me disseram uma vez que Quem arquitetou o corpo humano pensou em tudo, e disso ninguém duvida, mas tem umas coisinhas realmente estranhas, rsrs.
Beijos e boa semana.

Elga Arantes disse...

Caramba, vc é hilário!

BAR DO BARDO disse...

Ê lasquera!
Alguém está assumindo o meu trono de cutista! O terceto final precisa de alguém da maçonaria para interpretar "pramod'eu"....

Adriana Godoy disse...

Hehehehe...adoro essas disputas...Marcos e Bardo, grande duelo, mesmo que não exista. beijo.

BAR DO BARDO disse...

Rsrsrs... Sorry! "Cultista".

Mirse Maria disse...

Hilário, Marcos!

Mas genial!

Beijos

Mirse

Marguerita disse...

* Unha?
Foi a última coisa q percebi na foto!
hahahhahah

É que o nariz dela é mutcho bonito!

hehehehhehe

**
Meu maninho é lindão mesmo, né?
Mana coruja é soda!


Bjo

Lisa Alves disse...

a unhas existem para não matar de fome as manicures. Até o tosco e nojento é util. rs