quinta-feira, 17 de dezembro de 2009


TOC

( transtorno obsessivo compulsivo )

Em qual encruzilhada cerebral
será que eu esqueci a paz que eu tinha?
Meu siso, a cada instante, se amesquinha,
e o corpo pede Clínica Geral.

E ministra-se sempre um tal de “sal”,
princípio ativo para a caixolinha.
Agradeço se o sal for de cozinha!,
meus neurônios já passam muito mal...

O transtorno é obsessivo compulsivo,
carece tratamentos intensivos,
e ainda tem um nome que é horroroso!

Mas quem vê nunca vê o sofrimento,
pois volvi ao estágio de jumento;
agora, só sulfato fosforoso!

Marcos Satoru Kawanami

.

4 comentários :

tonhOliveira disse...



Me TOCou Marcos!
Abraços!

CHRISTINA MONTENEGRO disse...

QUE MÁÁÁÁXIMO!!!...
Parabéns!
BJS!

Adriana Godoy disse...

toc, toc, toc...quem bate? Ah! Marcos, delirei e enxuguei as la´grimas. Já lavei as mãos dez vezes e a sujeira não sai. Brincadeirinha. Poema duca! Beijo.

Lara Amaral disse...

Incrível, Marcos!

Toc, quem não tem um pouco?

Retrataste muito bem!