sábado, 10 de outubro de 2009










NONSENSE 3


O governo resolveu instalar um sistema de medição e controle de abalos sísmicos que cobriria todo o país.

O então recém-criado Centro Sísmico Nacional, poucos dias após entrar em funcionamento, já detectara que haveria um grande terremoto no Nordeste do país.

Assim, enviou um telegrama à delegacia de polícia de Icó, uma cidadezinha no interior do Estado do Ceará.

Dizia a mensagem:

"Urgente. Possível movimento sísmico na zona. Muito perigoso. Richter 7. Epicentro a 3km da cidade. Tomem medidas e informem resultados com urgência."

Somente uma semana depois o Centro Sísmico recebeu um telegrama que dizia:

"Aqui é da Polícia de Icó. Movimento sísmico totalmente desarticulado. Richter tentou se evadir, mas foi abatido a tiros. Desativamos as zonas. Todas as putas estão presas. Epicentro, Epifânio, Epicleison e os outros cinco irmãos estão detidos. Não respondemos antes porque houve um terremoto da porra aqui."

Hilda Hilst Érica
jornalista sem diploma freelancer, e freelancer também
.

14 comentários :

Eloisa disse...

Hilda é ótima! Adorei.

Beijo, Elo.

Mai disse...

Caramba, eu sei que posso vir aqui que vou me lascar de rir, sempre.... hahahahahahaha.....
Putz! Ui...Impagável!
Ah! Cara, só vc. encontrar essas pérolas.
Beijo.

Caramba! Delícia isso!

Úrsula Avner disse...

Oi Marcos,

criativo e lúdico texto da Hilda. Gosto da escrita dela. Um abraço e obrigada pelo carinho em meu blog.

Adriana Godoy disse...

Genial, essa Hilda Histe é o próprio terremoto. Beijo.

Marcos Satoru Kawanami disse...

Elô,

só alegria neste sábado ensolarado para nós que somos da região caipira.



Úrsula e Adriana,

Hilda Hilst Érica não é a famigerada escritora paulista, minha conterrânea; mas é o meu alter-ego feminino, que também é afro-creoula e homossexual (sapatão, entenda-se).


beijó(K)awanami

Eloisa disse...

Ainda não li Marcos. Tenho em casa Schopenhauer Educador de Nietzsche. rs

O que ele me traria de valioso?

Marcos Satoru Kawanami disse...

Elô,

nada de valioso, no meu matuto entender.

materialista e pessimista, ou seja, ser pertencente ao Reino Mineral, ou ainda, um coitado.

mas é válido lê-lo, para dialogar com os papagaios que repetem até hoje o que disse chopp in hour.


=D
marcos

Tânia disse...

Oii, Marcos.
É.. axo q eu não sei quase nada da vida mesmo.. mas eu precisava falar tudo oq tava p´reso em mim, sabe.. Eu não posso falar dessas coisas com minha mãe. porque ela tem uns problemas.. ela ja teve depressão.. e eu me sentiria muiito mal se ela.. piorasse por minha causa.. entaõ.. eu escrevo oq penso.. pra tentar botar pra fora e aliviar um pouco.
É.. voce tem razão.. ás vezes eu acredito no amor, ás vezes não.. é q tem tanta coisa ruim no mundo.. mas axo q está exatamente aí.. o ódio e a violência são a ausencia do amor.. e não a inexistencia..
Obrigada pela força e pelos conselhos.. E fico muito feliz em saber q vc jah pensou assim e superou..

Obrigada.. Felicidades pra vooce e sua família.

Henrique Pimenta disse...

...odnedentne uotse arogA ...?oninimef oge-retlA

Marcos Satoru Kawanami disse...

Henrique,

alter-ego SAPATÃO, porra! rsrs


=D
marcos

Soneca disse...

hahahaha
Surpreendente.
Eita mais agora tem terremoto da porra aqui, corram pras montanhas!!

Inté

nina rizzi disse...

bem, só de ela ser sapatão e falar da minha terra já é das minhas.. hehehe..

Marcos Satoru Kawanami disse...

Nina,

eu amo uma sapatãozinha...

a moda gay é elegante.

ai, aquelas moças com camisa polo e bermuda social... ai, gozei.

Anônimo disse...

conservative okalkan judiciary unlimited emotion organizers hating faint deploying nancysufl geocities
semelokertes marchimundui