terça-feira, 16 de junho de 2009










SONETO SHOELESS

ao Glauco Mattoso

No afã de superar minhas manias
de símio faniquítico cristão,
adotei como pai o velho Adão,
e fui circuncidar tudo o que eu via.

Eu quis Raquel, porém casei com Lia,
e ainda de pastor servi Labão;
topei com boi chifrudo em contra-mão,
lançando as bases da Cornogonia…

Corinthiano sou, e não santista,
porque não vi jogar o rei Pelé
que teria me feito um vitorista!

Eu gosto de louvar mesmo é o Mané,
o sumo do resumo idealista,
eu gosto é de mulher que tem chulé!


Marcos Satoru Kawanami
.

20 comentários :

Ana Karenina disse...

Cada um tem o seu, não é?

Ana Karenina disse...

Deixe de modéstia. Seu talento está a olhos nus.

Adorei seus poemas. E olhe que não sou lá muito adepta, viu?

Marcos Satoru Kawanami disse...

Ana,

vc teve o azar de bater aqui justamente quando publico um porralouquismo.

é que eu tava muito quadrado; aí, estando a perambular longe de casa, entrei no Bar do Wilson, pedi caneta emprestada, e escrevi esse nonsense num guardanapo de papel. procurei mesmo o escracho, para sacodir a poeira.

o risco é de as pessoas levarem a coisa por trás, e maldarem de mim.

"este rap foi feito
em cima de uma carroça;
não fala nada com nada,
é o rap da roça." (sei lá de quem é)

mas o último verso sim, é metafórico; traduzo-o:

"eu gosto da mulher como ela é!"

a "mulher que tem chulé" é a mulher de verdade, sem tinta no cabelo, batom, nem unhas pintadas; é a mulher sem cheiro de perfume, mas com a fragrância natural que só a mulher tem.

=D
marcos

may disse...

Quanto aquele texto no meu blog, já tive tantas idéias pra incrementar ele que eu viajei na minha mente, adhhads. Não penso em fazer aquilo virar livro não, longe de mim, escrevo por diversão :D

Paola disse...

Cara que gosta de aventuras esse...
Mas, por mais que eu tente, não consigo me livrar das manias católicas, "oh meu deus!What a fuck is going on?" é muito comum no meu vocabulário,matinal principalmente.
Blargh, eu sou são paulina, mas também nunca vi esse tal de Pelé jogar(rsrs), prefiro Biro-Biro e Garrincha.
Uhmm agora corra, estou vendo uma multidão de mulheres vindo nessa direção.... E um cheiro...

Inté

Thiago Maia disse...

escreve fácil demais... simples e direto... e gostei das analogias que utilizou... e prefiro as mulheres como elas são mesmo, sem muita 'parafernálias'...

Isadora disse...

Oi oi
Li bastante do sei blog e pra ser sincera. nao tenho muito o hábito de ler poesias, mas derrepente o seu blog vai ser a deixa para eu começar =)....
Parabens escreves muito bem.

Abraços

Fabrício Romano disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fabrício Romano disse...

Os manés e as marias-chulé é tudo o que temos, cara.
E queria ter pensado no seu comentário antes de postar o último minoconto, rs, genial...
Abrçs..

Marcos Satoru Kawanami disse...

Fabrício,

pode se apossar do meu comentário se quiser um dia publicar em livro, nem precisa fazer menção do meu nome.

eu não me dou com prosa. só me dou com poema mesmo.


paz e bem
marcos

Mateus Henrique Zanelatti disse...

Bons poemas, bons poemas.
Gostei demais do CORPUS CHRISTI (apesar de não ser católico e nem ler muito poesias), mas vejo aqui coisas diferentes e autênticas. Demais também esses escritos nas laterais da página.
Parabéns meu velho.
Seguiro-lei-o... O.o

Mateus h.

CHRISTINA MONTENEGRO disse...

Divertidíssimo!
Vinha aqui porque estava voltando rindo do seu comentário no blog da Calila, e ri mais ainda...
Delícia!
Brincar sempre leva a alguma coisa boa...
E o Glauco; viu? Ele precisa ver isso!
O e-mail dele era
glaucomattoso@uol.com.br
Que tal?
BJS!

Marcos Satoru Kawanami disse...

Christina,

se o Glauco ver, vai ser um milagre.


=D
marcos

CHRISTINA MONTENEGRO disse...

RSRSRSRSRSRS!!!!....
Well, com a sua fé eu não duvido de milagres em circunstância alguma!
+BJS!

Thaís A. disse...

UHAUHSEU, um soneto diferente, gostei :B

Paulo Bono disse...

Seu Kawanami,
Valeu a visita pelas bandas de lá.
Bem, não saco de poemas. Mas tudo aqui é muito bem escrito, meu velho.

grande abraço

Junker disse...

Bom... vou começar pela foto.
Aqueles pés saudavéis nao podem ser de ninguem nascido no BraZil... são pés europeus... Qse certeza.

Poema Bom, principalmente as duas ultimas estrofes.

Vaaaaaai Corithiiiiiiiians!!!!!

Pelé era corinthiano!!! É verdade!!!

E da-lhe Mané que jogou no Timão mesmo com o joelho estourado. Tenho certeza que Elza Sores tem chulé... e nao tem pé de Europeu.

Prof. Israel Lima disse...

Marcos Satoru Kawanami

É uma hora sempre tê-lo em meu espaço.
Obrigado por sua visita e comentário!
Voltem sempre!

Olha, seu blog é muito legal. Gosto de estar aqui.

Tenha uma magnífica semana.

Um grande abraço.

Eloisa disse...

Estou atrasada por aqui )))):
adorei o poema Marcos! Aliás, adoro todos os teus poemas. hehe

Um Beijão, Elo!

BAR DO BARDO disse...

Oi, Marcos, muito bom encontrar um maluco que cultua sonetos... E, pelo pouco que vi, são de excelente qualidade estética.

Vou ler tudo com bastante calma.

Obrigado pela visita e palavras gentis no meu bloguinho.

Um abraço!

- Henrique Pimenta