quarta-feira, 15 de abril de 2009



LÍRIOS DO CAMPO

hebreia morena,
dei-te um lírio
por amor.
por amor,
deite um lírio
no chão frio do meu delírio:
campo gris,
quando eu não-for...

marcos satoru kawanami


.

10 comentários :

Maria Inácia Bellico disse...

Eu adorei o jogo de palavras... Você escreve tão bem. Obrigada por estar sempre visitando o meu blog e comentando em minhas postagens. Eu sempre quando posso estou aqui. Esse mês para mim está muito difícil, pressão de vestibular e uma gripe com sinusite que não quer me largar de jeito nenhum.
Uma ótima quarta pra ti.

Fica com Deus!

Bjim*

Calila das Mercês disse...

por amor...



Saudações

R. disse...

Cara, musiquei.

Marcos Satoru Kawanami disse...

Maria Inácia,

a hebreia é a tua chará, nossa santa mãe do céu morena, senhora da américa latina


Calila,

por amor... foi feito o mundo... para o amor


Dr. Absinto,

na batucada da vida

=D
marcos

Juana disse...

adorei o post *-*
:)

Eloisa disse...

Marcos me apaixonei, apaixonei.

"dei-te um lírio
por amor.
por amor,
deite um lírio
no chao do meu delírio."

Abraços, Eloisa!

Nathália disse...

Nossa, gostei muuuuuuito desse! Principalmente do jogo "dei-te" e "deite".

Arlequim disse...

ahh, gostei muuuito desse.
Gosto de lirios *-*
Beijos, querido

Fee disse...

Este é sem dúvida um dos melhores e mais lindo e que mais dão vontade de continuar amando, quando tudo o que a gente quer é desistir.

Muito lindo, mesmo.

Beijo, Marcos

Diandra disse...

seu comentário no texto sobre minha happy foi como um lírio dado.

obrigada.

e obrigada pelo post, um presente nessa segunda-feira tão boba.