terça-feira, 7 de abril de 2009










Cristo Crucificado


No me mueve, mi Dios, para quererte,
el cielo que me tienes prometido,
ni me mueve el infierno tan temido
para dejar por eso de ofenderte.

Tú me mueves, Señor; mueveme el verte
clavado en una cruz y escarnecido;
mueveme ver tu cuerpo tan herido;
mueveme tus ofrentas y tu muerte.

Mueveme, al fin, tu amor, y en tal manera,
que aunque no hubiera cielo yo te amara,
y aunque no hubiera infierno, te temiera.

No me tienes que dar porque te quiera;
pues aunque lo que espero no esperara,
lo mismo que te quiero te quisiera.

(autor espanhol não identificado)

.

5 comentários :

Larissa disse...

"que aunque no hubiera cielo yo te amara,
y aunque no hubiera infierno, te temiera."

Pra mim, a melhor parte. Principalmente levando-se em consideração que o motivo que leva todas as pessoas a acreditarem, é exatamente o medo de não acreditar, o medo de estar sendo errado, de estar pecando, caluniando, blasfemando ou qualquer coisa do tipo.
Não sei muito de espanhol, estudei apenas por dois anos, mas acho que deu pra desenrolar.

Eloisa disse...

Como o tempo voa, já é quase Pascoa!
parece que ontem foi natal e amanhã Cristo já será crucificado, que coisa!

Arlequim disse...

Não cortei o cabelo, não.
Parece curto na foto, mas tá grandão ainda.. hahaha
enfim..
tenho olhos grandes mesmo.xD
Beijos

Kenia disse...

E muito bonita a fé das religioes, claro quando moderada e não fanática. Bela oração!

Kenia disse...

E muito bonita a fé das religioes, claro quando moderada e não fanática. Bela oração!