quinta-feira, 19 de março de 2009

POETA MENOR

POETA MENOR
ao velho bardo Manuel Bandeira

Com dois livrões: o Código Penal
mais o Civil, de capa a capa lidos,
teúdos, manteúdos e engolidos,
se faz um Bacharel Judicial.

Com porcas, parafusos de metal,
concreto, vergalhões, homens polidos
no Cálculo de Newton, entendidos,
a carta de Engenheiro é bem legal.

Jurando pelo Hipócrates antigo,
depois de nove anos de esqueleto,
germina um médico doutor amigo.

Sem vulto para o último terceto,
o poeta contempla o próprio umbigo,
e dá cabo de mais um seu soneto.

Marcos Satoru Kawanami

.

11 comentários :

Arlequim disse...

Ah, gostei taaanto desse. Muito muito.
E quanto ao seu comentário no meu blog, acho que sou destruidora às vezes, ou sempre, sei lá
rs
Beijos

Maria Inácia Bellico disse...

Adorei. Descreve um pouco o que eu quero ou quis para minha vida.

Bjim*

Kenia disse...

lindo teu blog! eu realmente gostei!

Eloisa Faccio disse...

Adorei o poema, achei que já tinha comentado. hehehe
Abraços, ELoisa

Ityara disse...

que lindo esse *----*
e sim, seu blog me viciou hm...
não consigo parar mais de ler.


parabéns ;*

Kate disse...

Vim agradecer pela visita e comentário no meu blog. Obrigada!

Já tinha visto teu blog. Tu escreve muito bem, só não comentei nada porque não sabia o que comentar.

(:

Sunflower disse...

Adoro quando você mistura cientistas e poetas.

beijas

Bill Falcão disse...

Hehehe!!!! O poeta pode se considerar "menor", mas quem sabe o grande Bandeira o considerasse bom?
Aquele abraço!

Marcos Satoru Kawanami disse...

Bill,

Manuel Bandeira, meu poeta favorito, costumava se chamar "poeta menor" por não ter concluído o curso de Arquitetura, isso está explícito no seu poema intitulado "Testamento".

Sun, quê frô cê me dá, ao dar o ar da sua graça!

=D
Marcos

R. disse...

Cara, Bandeirão é O cara!

E a última estrofe foi ótima, parabéns e um abraço!

Marcos Satoru Kawanami disse...

Christina,

Segundo o catecismo, o único homem que não pecou foi Cristo.
A nossa pecabilidade é coisa boa, pois serve para sentirmos o Amor divino no Perdão, no crescimento espiritual, na comunhão fraterna entre as pessoas, no aconchego materno de Deus.

=D
Marcos